Exposição – Água, papel e cores – 20/ABR a 19/JUL

Posted por em 20 abr 2022

Exposição – Água, papel e cores – 20/ABR a 19/JUL

Meu caminho pela Arte transitou por várias maneiras de expressão. Na minha infância, desenhos simples, lápis ou canetas. Depois, outros mais elaborados com detalhes em cores. De início, lápis de cor.  Na adolescência, tive meus momentos com arte em relevo, sobre papel, vidro, madeira… e não foram poucas estas experiências em particular.  Entalhes também fazem parte do meu caminhar.  Em telas, comecei com tinta a óleo, depois acrílica. Minha primeira tela foi a óleo – uma Madona. Tinha quatorze ou quinze anos. Certa vez, resolvi me dedicar a conhecer o trabalho com água. Então… surgiu a...

Leia Mais

Percepções sutis – Mentes atentas – Exposição

Posted por em 11 mar 2022

Percepções sutis – Mentes atentas – Exposição

A criação, seja em texto, em cores, ou formas, requer uma viagem interior. Seja contato com imagens guardadas na memória, observação de uma paisagem que nos leva a navegar pelo infinito, ou deixar a mente entremear-se por formas e cores, como viajar por sonhos que praticamente nos faz flutuar. Por vezes as formas são bem definidas e fáceis de serem identificadas como também reconhecidas, ainda que estranhas ou indeterminadas. Em outras circunstâncias virão a ser percebidas como inusitadas. Imagens que surgem ou vão se formando na mente, por vezes devagar e em outros momentos simplesmente se...

Leia Mais

Percepções sutis – Mentes atentas

Posted por em 1 nov 2021

Percepções sutis – Mentes atentas

A criação, seja em texto, em cores ou formas, requer uma viagem interior. Seja contato com imagens guardadas na memória, a observação de uma paisagem que nos leva a navegar pelo infinito, ou deixar a mente entremear-se por formas e cores, como viajar por sonhos que praticamente nos faz flutuar. Por vezes, as formas são bem definidas e fáceis de serem identificadas como reconhecidas, ainda que estranhas ou indeterminadas. Em outras circunstâncias, virão a ser percebidas como inusitadas. Imagens que surgem, ou vão se formando na mente, por vezes devagar, em outros momentos simplesmente se...

Leia Mais

Olhar na imensidão

Posted por em 1 jul 2021

Olhar na imensidão

Desde a minha infância meus sonhos navegavam por entre estrelas. Na realidade, não eram meus sonhos que flutuavam pelos astros, era eu mesma que me sentia a transitar pelo infinito. Sentia-me leve a pairar no espaço, ou mesmo pelo azul do céu como um pássaro leve a flutuar. Sei que as aves voam, mas eu simplesmente flutuava. Chegava até mesmo a controlar o meu flutuar, escolhendo por onde ir. Seja por entre nuvens, fazendo rasantes por montanhas ou pelos mares ou rios. Por entre árvores ou simples arbustos, tocando de leve águas de riachos. Cheguei mesmo, certa vez, a ter a sensação de...

Leia Mais

Páscoa – Encontro com a Natureza – Exposição

Posted por em 19 fev 2021

Páscoa – Encontro com a Natureza – Exposição

Exposição realizada em março de 2016 Galeria da NGArt Produtora Cultural Em 2015, convidada a expor alguns de meus trabalhos, escolhi o mês de março/2016, pois aconteceria naquele período a celebração da Páscoa. Fiquei por alguns dias idealizando uma forma de expressar a arte no formato de ovos, mas pretendia fazê-lo com trabalhos realizados em aquarela, técnica a que, à época, estive me dedicando. Idealizei uma “moldura”, como uma filigrana, com espaço interno em forma de ovo. Ali pintar algumas representações da Natureza, já que, em tempos remotos, a mensagem da Páscoa referia-se à...

Leia Mais

Jardim Amorável

Posted por em 22 maio 2020

Jardim Amorável

Exposição na NGArte de maio a setembro 2020 Texto de apresentação Há momentos em que precisamos encontrar um lugar que nos leve à sensação de amor, esperança, quietude. Um lugar que nos faça sentir leves, quase suspensos no ar. Onde possamos ser envolvidos pela beleza das flores, sentar e sentir perfumes – flores e frutos -, o som do cantar dos pássaros, admirar as cores de suas asas, quase a também voarmos ao sermos agraciados pelo vento ou por uma simples brisa. Sentar-nos na relva fresca, sentir a umidade da água sagrada que nos dá vida. Ouvir também o som de uma corredeira, quem sabe até...

Leia Mais