Peixe Pássaro

Postado por em 30 ago 2018

Peixe Pássaro

Peixe pássaro… ou pássaro peixe? Quem disse que as formas têm que cumprir padrões? Por que nossas mentes não podem ter suas próprias criações? Deixei-me navegar pelas águas e pelos ares. Meus pensamentos livres e soltos. Peixes convivendo com flores, borboletas, abelhas e joaninhas. Pássaro em forma de peixe… ou peixe em forma de pássaro! Olhos enormes a perscrutar à sua volta. Barbatanas como cristas, Caldas como asas… É esta minha percepção de hoje. Como desenhista que sou, Além de outros predicados… Do livro Reflexões da Alma III, Bookess...

Leia Mais

Booktrailer – Reflexões da Alma III

Postado por em 24 ago 2018

Booktrailer – Reflexões da Alma III

”A cada dia que surge nasce uma nova esperança. A cada nova determinação de nossa mente novos horizontes se abrem… A cada sonho de nossa alma novos sorrisos e novos brilhos embelezam nossa vida.” Reflexões da Alma III, Elda Evelina Vieira, Bookess...

Leia Mais

Esperança de um reencontro

Postado por em 30 jul 2018

Esperança de um reencontro

Há grande esperança na reformulação dos nossos conceitos e valores. Todos estamos em processo de crescimento espiritual e, em algum momento, iremos acordar para o que realmente importa em nossas vidas – reencontrar o Ser puro que existe em nós, a luz que brilha em nossa alma e agregar os ensinamentos maiores em nossas vidas. Reflexões da Alma III, Elda Evelina, Bookess Editora  ...

Leia Mais

Navegar entre estrelas

Postado por em 29 jul 2018

Navegar entre estrelas

Olho para os céus Vejo as estrelas Deixo-me navegar Abrindo dos sonhos os véus Entre cores de aquarelas Sinto o meu corpo flutuar. Reflexões da Alma III, Elda Evelina, Bookess...

Leia Mais

Sonhos e emoções ao vento

Postado por em 28 jun 2018

Sonhos e emoções ao vento

Carinho de criar, Seja em cores ou letras. As imagens se formam Na mente… livremente, Traçando linhas e códigos. Expressam sentimentos Que vibram na Alma, Liberam sonhos, Por vezes contidos, Por vezes inquietos. Não podem ser guardados, Precisam ser espalhados Como folhas ao vento, Sem destinos certos, Ou talvez mesmo Destinos que esperam Pelo momento De os acolher Como Almas sedentas De sonhos e emoções. Deixe seus sonhos voarem Com a suavidade de uma borboleta. Tenham todas as cores do Universo, O brilho de todas as luzes. O encantamento e a magia que possa imaginar a sua Alma. O...

Leia Mais