Mandala expandida

Dizem que a simetria expressa a exatidão das formas, das distâncias, até mesmo das cores com que as formas se expressam.

Será que temos de fato expressar a simetria com tal exatidão? Ou podemos escolher a expressão da simetria sem esse rigor?

Aqui, nesta Mandala expandida, optei pela expressão da espelhação em seus sentidos horizontais e verticais.

Mesmo sem o rigor das cores e formas, pois a arte foi tomando forma de maneira livre, tão somente buscando contornos que nos fizessem sentir a intenção de ser uma repetição das imagens formadas.

Nem em a Natureza observamos a expressão da exatidão. Nela encontramos diversidade em formas, nuances de cores e tons.

Em sendo assim, com a liberdade que a própria Natureza se expressa, eu também procurei me expressar de forma livre, ainda que em contornos semelhantes.

E não só isso… procurei expandir a minha intenção, fazendo expandida a minha Mandala.