Asas ao Vento

Asas ao Vento Gosto de sentir o vento a soprar o meu rosto. Sentir o ar acariciar o meu corpo, Banhar-me nessa doce e suave emoção. Não é só o ficar e sentir. É mais do que isto… É o buscar com o movimento das Asas, Estas que tenho em minha Alma, Que não se cansa de deslocar-se Ao encontro de novos páramos, Novos mundos, Novos sonhos… Alma inquieta, Ao...

Leia Mais

Amor e renúncia

...

Leia Mais

Bondade irradiada

...

Leia Mais

Estrelas, riscos e rabiscos

Gosto de riscos e rabiscos, como também gosto de estrelas Então… por que não brincar de fazer riscos e rabiscos, como também salpicar de estrelas o meu brincar? Fazer arte, com a Alma, é assim. Fazer o que pede o coração, e não a...

Leia Mais

Floresta encantada

Canto meu encanto pelas florestas do meu País. São versos diversos sobre as matas, os pássaros, as águas… Sejam rios ou mares, por vezes prantos, por vezes risos. Não só risos… também sorrisos. Pois há diferenças entre sorrisos e risos. Sorrisos é quando nossos lábios se esticam, Seja abrindo-se de um lado ou de outro Ou para ambos. Neste caso é o verdadeiro...

Leia Mais

Dragão – imaginário infantil

Figura lendária, fantástica! Fez vibrar corações infantis A sonhar com fadas. Talvez sonhos de resgates, Uma princesa em uma torre. Quem sabe o Dragão transformar-se Em Príncipe encantado!? Estórias encantadas e encantadoras. Na minha infância, Desenhadas a bico-de-pena. Encantava-me lê-las, Revista em quadrinhos. Admirar os traços, Imaginar as cores Entre traços negros...

Leia Mais