Postado por em 30 ago 2018

A todo tempo buscamos encontrar respostas para indagações que borbulham em nosso íntimo.

Por vezes saímos a perscrutamos lugares que imaginamos oferecer soluções.  Solicitamos a atenção de amigos, recolhemo-nos em templos religiosos ou participamos de encontros filosóficos; lemos obras de grandes sábios ou assistimos a documentários interessantes e profundos.

Tudo isso é válido e proporciona a nós conteúdos importantes e reflexões salutares.

No entanto, se já conseguimos amealhar aprendizados e queremos construir um conhecimento que verdadeiramente proporcione oportunidades de profundas mudanças… precisamos nos recolher em nosso próprio íntimo e fazer conexão com planos superiores de sabedoria, em oração.

Lembremo-nos do que nos disse o Mestre: “Mas tu, quando orares, entra no teu quarto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.”  (Mateus 6:6)

Creio que o melhor templo para buscarmos o nosso íntimo, o nosso coração, é a Natureza – sagrado lugar de que emana paz, luz e amor.

Do livro Reflexões da Alma III, Bookess Editora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *